Texto No “Gente de Atibaia”, de Edgard De Barros; Fotografia, Jean Takada, Sobre O Artista Nesto

Nestor, as cores de um artista

 

Parafraseando o poeta, o artista é um criador, cria tão intensamente que às vezes cria dor, cria alegria, como cria um mundo que fica à parte, mas é lindo, pois é só arte. Poeta era Fernando Pessoa. Artistas somos nós todos, viventes ou sobreviventes. Artista é Nestor Isejima Lampros, que tem 43 anos de poesia, de arte escrita, narrada, pintada, guardada no coração e libertada em versos e cores de suas telas. Sua arte já veio junto quando nasceu. Afinal, é filho de artistas. “Quando a gente era criança meu pai e minha mãe nos levava, os filhos, até ali aos pés da Pedra Grande. Nem lembro se tinha lanche ou comida, na verdade era um “pic-nic” de arte. Tínhamos lápis e cadernos à mão para vivermos, sonharmos, bebermos, pintarmos, escrevermos, descrevermos aquela natureza...”, lembra Nestor. Que era filho de Lukas Lampros e Hissae Isejima. Lukas era um misto de artista plástico e publicitário uruguaio que veio ganhar a vida no Brasil. Muito talentosos esses publicitários uruguaios que aportaram no Brasil naquela época. Marcaram. Ficaram famosos, todos eles, graças ao seu traço e seu talento. Aqui, Lukas, pai de Nestor, conheceu Hissae Isejima, também artista plástica e publicitária que agregou a sensibilidade japonesa à família.

Com essa origem, Nestor já veio artista. E artista multi-direcionado, se é que se pode chamar assim. Nestor é escritor e poeta com livros publicados, um deles, “Roupagem Leve”, publicado dentro do Projeto de Estímulo e Publicação Literária da Prefeitura da Estância de Atibaia. É pintor, é chargista, cartunista, ilustrador e professor de artes nas escolas de Atibaia. Sensível, costuma dizer que “a arte arrepia o corpo e a alma. É a verdade ou mentira com que a gente sonha”, ou por aí. “Desde criança eu vivo fazendo arte, embora seja obrigado a confessar que minhas notas eram baixíssimas nas aulas de arte na escola. Sempre gostei de criar. Mas fugir da ditadura dos conceitos já estabelecidos. Eu queria liberdade de arredondar o quadrado ou o contrário. Claro que a nota era baixa...”

Nestor nem é atibaiense de origem, veio de São Paulo, estudou por aqui, formou-se em Letras pela FESB, de Bragança Paulista, com pós-graduação em Arte-Educação nas FAAT, Faculdades de Atibaia. Já ganhou prêmios diversos por suas criações literárias e artísticas. Já expôs seus trabalhos em galerias daqui e do Brasil inteiro. Ilustrou livros e revistas, entre outros, para a Editora Ática, Editora Três, Revista Cult e Editora Patuá.  É membro-fundador da Academia Literária Atibaiense.

Seu orgulho maior é passar sua arte para a frente através de seus alunos. “Dou aulas na rede municipal de Atibaia e também para meus alunos que atendo aqui mesmo no meu atelier. Eles me emocionam. Da mesma forma que os pais dessas crianças também me emocionam. São pessoas escolhidas pela Providência. Acho que, no fundo, no fundo, são artistas todos, pais e filhos que se interessam pela arte, pelo desenho, pelo sonho de criar. São grandes artistas. O germe do artista está contido dentro deles e eles só não se realizam como artistas porque não querem”, costuma dizer.

Entre uma pincelada e outra Nestor Lampros vai desenhando o seu viver, o seu presente e o futuro que ele imagina lindo como uma pintura divina.

Edgard de Barros,  2014

Sobre a loja

Site de vendar de objetos artísticos criados pelo artista plástico Nestor Lampros Minha fanpage no FACE: https://www.facebook.com/artistanestorlampros Visite meu site: www.nestorlampros.com.br Histórias em quadrinhos: http://nestoriasemquadrinhos.blogspot.com/ E escritos+ imagens de quadros de minha autoria: http://caligrafiadoimpossivel.blogspot.com/ Poemas no Mallarmargens: http://www.mallarmargens.com/2012/11/3-poemas-de-nestor-lampros.html

Pague com
  • PagSeguro
  • PayPal
  • Bcash
  • MercadoPago V1
Selos
  • Site Seguro

Nestor Lampros - CPF: 195.551.258-21 © Todos os direitos reservados. 2018